Culinária Terapêutica: Dieta número um

Introdução - Por Lais Guru Suroop Kaur

 

            A dieta, apresentada neste interessante artigo de Kirpal Singh, seria, talvez, a primeira que deveríamos fazer quando começamos a praticar yoga. Muitas pessoas acham que praticar yoga é tão somente participar de aulas, uma, duas ou três vezes por semana. Isto é muito bom e traz resultados excelentes. Mas, à medida que avançamos na prática de Kundalini Yoga, cuja definição é o Yoga da consciência, vamos nos abrindo para o anseio de uma vida melhor, mais saudável e mais feliz. E, neste ponto, a mudança de hábitos alimentares é um dos maiores desafios, principalmente para quem, ainda, opta por uma dieta incluindo a proteína animal. É difícil porque exige uma mudança radical de hábitos e, às vezes, até inclui a dúvida de como fazer.

            Na seção de receitas, algumas sugestões para intervalos de refeições ou desjejum, durante o tempo desta dieta. 

            Não se esqueça de ler a nota no final do texto que esclarece que a dieta não é uma orientação médica, principalmente se você tem alguma questão relacionada à sua saúde, seu médico ou nutricionista devem ser consultados. A sugestão de fazer junto com amigos é maravilhosa; assim, o cardápio de um dia pode ser motivo de um encontro para planejamento, para trocar e pesquisar receitas e tudo ficará mais divertido. Quem sabe até marcar um encontro culinário para fazer a refeição de um dia.

 

Dieta Número Um: Frutas, Nozes e Vegetais

Por Kirpal Singh

Fonte: Yogic Living –www.3ho.org

Tradução: Lais Guru Suroop Kaur
 

            Yogi Bhajan recomendava uma dieta de somente frutas, nozes e vegetais para alunos iniciantes de yoga. Ele os encorajava para que dessem passos para quebrar uma dieta baseada em carnes e abraçarem um estilo de vida saudável.

            Meu primeiro professor de yoga me mostrou esta dieta quando meus músculos estavam contraídos e minha vida estava cheia de tensão. Eu não tinha sintonia com meu corpo e com meus ritmos naturais. Ele me prometeu que esta dieta poderia complementar o processo de limpeza iniciado pelo yoga.

            Um grupo de alunos de nossa classe comprometeu-se em fazê-la por trinta dias. Ela mudou a minha vida. Eu não posso dizer que perdi peso – com dezoito anos, eu era um rapaz magro, mas muitos outros alunos perderam peso com ela, muito peso. Para mim, o resultado mais importante da dieta foi que abriu meus olhos para o prazer de comer leve e conscientemente.

            De acordo com o Mestre: “esta dieta era usada na Índia quando a pessoa parecia velha. O corpo se desgasta se torna impotente. Diz-se que ela limpa o sistema e revitaliza o corpo. Nos primeiros dias, você pode se sentir fraco, mas, depois, sua força crescerá gradualmente e você começará a se sentir leve e feliz.” A melhor estação para esta dieta são os meses mais quentes da primavera, verão e outono, quando as frutas frescas e vegetais estão mais disponíveis.

 

Objetivo:

• limpeza física, perda de peso e limpeza do muco

• Mental: quebrar hábitos negativos de alimentação, ser feliz

• Espiritual: transição para uma frequência vibratória energética mais elevada; estar em maior  harmonia com seu corpo e com seu mundo.

 

Duração:

 

            Yogi Bhajan disse para fazer isto por 30 dias. A primeira vez que fiz eu tinha 18 anos. Desde este tempo, eu escolho fazer esta dieta em várias ocasiões para limpeza, para quebrar padrões negativos de alimentação ou, simplesmente, para sentir-me leve e energizado. Se trinta dias parecem muito, tente fazer por duas semanas. Isto lhe dará confiança para continuar pelo tempo total. Ao começar a dieta, haverá um curto período onde se sentirá fraco e com pouca energia. Isto é esperado, especialmente se você vem de uma dieta rica em comidas processadas ou produtos animais. Mantenha-se. Permita que seu corpo se ajuste às frequências mais elevadas de energia. Você não vai querer mais voltar aos seus velhos hábitos.

 

Evite:

Carne, peixe, aves, ovos, bebidas alcoólicas, drogas de qualquer espécie (incluindo cafeína), laticínios, grãos, leguminosas (feijões), alimentos embalados, comida processada, açúcares concentrados, incluindo o mel (exceto um pouco no chá yogi), castanhas torradas, manteigas de nozes e comidas fritas.

 

Coma:

•Grande quantidade de saladas – alface fresco, outras verduras e brotos, temperados com oleo prensado a frio e vinagre natural ou suco de limão, com adição opcional de brotos de alfafa, brotos de moyashi, vegetais crus frescos, abacates, sementes de girassol cruas, sementes de gergelim.  

•Vegetais no vapor, guarnecidos com um pouco de azeite, um pouco de sal marinho e pimenta negra ou vermelha.

•Amêndoas cruas, deixadas de molho em água e sem casca

•Abóbora assada

•Batatas – sim, elas também são vegetais e muito alcalinizantes para seu sistema. Prepare-as no estilo do Punjabi com ervilhas e cebola, com couve-flor fresca; ou assadas e servidas com um pouco de azeite e soyo.

•Frutas frescas em qualquer momento.

•Smoothies de frutas e vegetais – adicione um pouco de suco de fruta para adoçar.

•Chá de ervas

•Chá Yogi com leite de amêndoa e um pouco de mel.

 

Final:

            Depois dos trinta dias, gradualmente adicione leite desnatado, arroz e leguminosas e faça a transição para uma dieta de manutenção yóguica.

 

Notas:

            Yogi Bhajan deu esta dieta, em 1969, para os hippies que vinham em bandos para suas primeiras aulas. É uma introdução excelente para um estilo de vida saudável, com a maior variedade de opções possível. Ainda o ego pode surtar. Lembrem-se, nosso relacionamento com a comida e a dieta estão profundamente enraizados em padrões de hábito que envolvem segurança, conforto e autoimagem. Mudar é um desafio. A maneira de ir de encontro ao desafio com graça é desfrutar inteiramente as novas experiências que vêm através da língua. Saboreie cada porção. Mastigue bem a comida e se deleite com ela. Se você estiver com sobrepeso, você vai começar o processo de perder seu excesso. Faça yoga e respire profundamente. Você ficará encantado com o novo você.

 

Sugestão: Faça a dieta com amigos. Crie um grupo de apoio. Se possível, inclua a família. Quanto mais pessoas próximas fazendo isto, mais fácil será fazer. Divirta-se.

 

[Sempre cheque com seu médico pessoal ou profissional de saúde antes de fazer uma mudança significativa em sua dieta para garantir que as receitas e ingredientes são apropriados para seus problemas de saúde e compatíveis com alguma medicação que esteja tomando. A informação apresentada aqui é da sabedoria yóguica antiga e não é para ser entendida como uma orientação médica.]
 

Kirpal Singh Khalsa serviu como Diretor do Guru Ram Das Ashram, Boulder, de 1972 –1992. Ele recebeu seu Ph.D em Sociologia da Universidade do Colorado e ensinou no Departamento de Sociologia de 1980 a 1992. De 1992 a 2003, ele serviu como Diretor Acadêmico de Sikh Dharma Education International e ajudou a fundar Miri Piri Academy em Amritsar, India. Atualmente vive na comunidade Sikh, em Espanhola, Novo México.

 

 

Smoothie de espinafre para intervalos entre refeições ou desjejum

 

Duas versões

 

Primeira versão

- 2-3 xícaras de folhas de espinafre orgânico ou acelga

- um pouco mais da metade de uma xícara de manga congelada

- 1 banana pequena

- ½ xícara de água ou de leite de amêndoas

- ½ colher de chá de óleo de coco extra virgem

- ½ colher de chá de sementes de chia

No liquidificador, bata a banana e a água. Acrescente as fo