Prosperidade e Respiração

     Yoga nos ensina a viver dentro de nossa Realidade. E o que é a Realidade?
     É a solicitação do externo para que seja desta ou de outra forma? É a moda que determina sua aparência e sua atitude? São os papéis que desempenha e que parecem dar-lhe uma identidade? Isto não é a sua Realidade, enquanto uma influência de fora para dentro. Poderá sê-lo, ao se tornar uma atitude de dentro para fora, sempre, no entanto, expressa dentro da originalidade de seu ser.
     Sua realidade é sua alma e ela está adormecida e entorpecida pelas manipulações da mente que deseja, a qualquer custo, estar no comando. E, assim, sua vida é uma nau sem rumo, dirigida por um comandante instável, emocional e inconstante. Não que a mente seja algo que deva ser desprezado. Ela apenas não pode ser o dirigente supremo do seu Ser. Ao contrário, ela deve ser dirigida pela alma e, então, sob orientação desta, comandar o corpo. Por isto, é muito importante aquietar, treinar e disciplinar a mente e isto é obtido principalmente pela meditação.
     A imagem criada por Patânjali da mente quieta é a da superfície de um lago sereno, calmo, que permite que se enxergue o fundo. Com a mente pacificada visualiza-se (quem sabe pela primeira vez) o profundo do seu ser, sua verdadeira realidade e identidade, a sua alma. E, conhecendo-a, despertá-la e, despertando-a, manifestá-la como um ser único em todo o Universo – este é seu legado e seu destino. Ela é sua parte infinita e imortal e, através dela, todos os inesgotáveis recursos de prana do Universo estão à sua disposição. Apenas imagine-se mergulhado num oceano de luz, envolvendo-o e preenchendo todo o seu interior. Assim é a sua alma despertada, desabrochando para a Fonte da vida. E usar efetivamente a Fonte, fazendo circular livremente o prana e alcançar a plenitude de saúde, de recursos materiais, de alegria, de amor, de relacionamentos, é a prosperidade.
     Como captar a energia da Fonte? A respiração espontânea é um recurso poderoso para esta captação de prana. Como fazer a energia circular livremente? Kundalini Yoga, como um grande instrumento para a consciência é um dos grandes caminhos para manter livre esta circulação.
     A prosperidade é um fluir , a respiração é um fluir. A prosperidade é um desabrochar confiante nos recursos, colocados à disposição, pelo Céu ( prana) e pela terra (recursos materiais). A respiração é um circular confiante dos recursos do céu (prana), através de nosso sistema interno, organizando-o, harmonizando-o, para gerar os recursos para nossa vida material.
     Neste sentido, a respiração espontânea e natural, com seu fluir equilibrado, espontâneo e livre entre inspiração e expiração é uma grande forma para alcançar o sentido de prosperidade. A respiração restringida, consciente ou inconscientemente, impede o fluir da energia vital, levando à sensação de limitação, escassez e finitude. A expressão disto, a nível emocional, é o medo e a expressão, dentro da realidade física, é a sensação de que sempre falta algo. Estamos, nesta situação, desconhecendo mais uma vez a infinitude de nosso ser, representada pela alma.
     Para tornar sua respiração espontaneamente serena, sente-se confortavelmente e apenas observe o fluxo da respiração, sentindo o ar que entra e o ar que sai através de suas narinas. Fique um pouco nesta observação e, sem esforço, tente diminuir o ritmo de sua respiração, adicionando uma pausa depois da inspiração. Inspire, suspenda a respiração tanto quanto for confortável para você e, depois, expire. Depois de um tempo, comece a contar tempos iguais em cada uma das fases. Cinco segundos para inspirar, cinco segundos suspendendo a respiração e cinco segundos para expirar. 15 segundos cada respiração, quatro respirações por minuto. A respiração calma faz milagres. Tente isto, principalmente se você sentir que a prosperidade nunca chega para você.

culinária terapêutica

Please reload

Posts em destaque

Tratamento da Insônia - Plantas Medicinais

27/03/2018

1/6