Culinária terapêutica - Comer devagar

Introdução - Por Guru Suroop Kaur      

 

            O que comer é muito importante e pode, sem dúvida, nos ajudar a manter a boa saúde. Yogi Bhajan nos diz que o alimento é nosso primeiro remédio, num conceito trazido por ele dos princípios do Ayurveda. Como vão verificar no corpo do artigo, Yogi Bhajan conhecia muito sobre Ayurveda.

            Mas, como comer, também é fundamental para que a comida nos traga equilíbrio, cura e bem-estar. Este artigo, extraído do site www.3ho.org, do jornal eletrônico Yogic Living, de abril de 2014, nos fala da importância de comer devagar para manter a saúde. Como esse é um problema cada vez mais atual, com as pessoas se alimentando em pé, em restaurantes fast food, consideramos importante reavivar estes ensinamentos, através deste artigo da Dra. Sat Siri Kaur Khalsa, traduzido por mim, neste espaço dedicado à alimentação terapêutica.

 

Dieta e Meditação Yóguica Satívica no comer devagar

By Dr. Sat Siri Kaur Khalsa

 

          

           Durante a sua vida, Yogi Bhajan nos entregou muitos conhecimentos,  relacionados ao Ayurveda, à dieta yóguica e a alimentos sattívicos, que incluíam o uso de alimentos específicos para saúde e cura. Quando Yogi Bhajan compartilhou estas idéias, nos anos 70, 80 e 90, elas ainda não faziam parte dos conhecimentos comuns do Hemisfério Ocidental.

            Algumas informações, não todas, são parte, atualmente, da cultura popular. Por exemplo, muitos de nós conhecemos e incorporamos a cúrcuma em nossas dietas. Ela é conhecida por reduzir inflamação e melhorar a saúde das articulações e do intestino. Além de usar a cúrcuma em muitos pratos cozidos, Yogi Bhajan compartilhou uma deliciosa receita do Leite Dourado, com cúrcuma, óleo de amêndoa, adoçante e leite, compondo uma bebida quente. Ele se referia à cúrcuma como um “médico interno” que curava muitos desafios para a saúde.

            Yogi Bhajan também forneceu às pessoas dietas especiais, muitas delas monodietas, como uma maneira de ajudar questões de saúde e curar desequilíbrios. Sua mestria da ciência dos princípios ayurvédicos era enorme. Ele lia a aura e a psique inteira – passado, presente, futuro, karma, destino, padrões e possibilidades. Suas recomendações, frequentemente, alcançavam além dos aspectos físicos do corpo para também chegar aos corpos mentais e emocionais.

            Através dos anos, Yogi Bhajan quase sempre sugeria que eu considerasse diferentes dietas especiais. Cada sugestão era específica para o momento no tempo. Quando eu tinha 30 anos, ele sugeriu que eu mastigasse minha comida muito bem porque ele sentia que eu não produzia saliva suficiente com as enzimas digestivas. Quando eu fiz esta prática simples, eu fui capaz de comer menos com facilidade e sem desejar outros alimentos. Minha digestão melhorou muito também.

            Na Bhoj Kriya de Yogi Bhajan : como comer conscientemente para boa saúde, ele nos deu o mais profundo entendimento yóguico de como, o que e porque comer.

 

Aqui, alguns trechos:

            “Você come para viver. Você não deveria ingerir a comida depressa, porque a secreção do estômago é ordenada pela glândula pituitária e sob o comando da pineal e, assim, se você encher rapidamente o estômago, isto dará um choque neste órgão, o que fará com que o estômago se intumesça imediatamente. Este inchaço dará a seu corpo um choque pelas próximas 3 horas e isto é o que chamamos de dor de estômago.

            Para a comida ser rejuvenescedora e para que ela lhe dê força e mantenha o corpo jovem, você tem que usar a saliva da boca. Se você não misturar saliva a cada pedacinho de sua comida, você estará comendo veneno.

            Se você comer usando um procedimento (ao invés de engolir a comida em 15 minutos), o alimento será seu melhor amigo, sua melhor força e seu melhor ser. Normalmente, quando você come, seu sistema nervoso inteiro se move e você movimenta a boca e a língua junto. Mas, quando você apenas engole o alimento, você não o come.

            Quando você engole o alimento, que não é mastigado adequadamente, ele engole a sua força e a sua vida. Comer devagar é uma das melhores meditações desta Terra”.

            Eu não necessariamente engulia meu alimento, antes de receber esta consciência de Yogiji, mas comer mais devagar e mastigar completamente não era um hábito que eu tinha naturalmente. Quando eu comecei a focar em mastigar, eu percebi que eu devia fazer isto muito mais vezes do que fazia. Quando isto se tornou um foco, eu fui capaz de fazer isto com a motivação dos benefícios que esta prática trazia.

            Quando eu separei um tempo para desacelerar e conscientemente mastigar cada pedaço, meu sistema digestório funcionou mais efetivamente. Eu também tendo a comer menos e a me sentir bem completamente. Uma sugestão que pode ajudar a reforçar o hábito de mastigar bastante é deixar o garfo descansar entre duas porções de comida.

 

Dr. Sat Siri Kaur Khalsa é uma médica quiroprata certificada, curadora intuitiva e professora. Ela começou a estudar e praticar intensamente, todos os dias, Kundalini Yoga e Meditação, com 15 anos. Quando estava no colegial, sua professora pediu que ela ensinasse sua primeira aula de Kundalini Yoga. Depois de duas décadas, trabalhando como uma quiroprata, a abordagem da Dra. Sat Siri avançou para uma técnica que utiliza uma tecnologia de cura extremamente sutil e efetiva. Ela é intuitivamente guiada e com assistência divina, ela abre o vasto reino da consciência divina e humana.

 

Website: www.DrSatSiri.com

Facebook: www.facebook.com/DrSatSiri

Twitter: @DrSatSiri or https://twitter.com/drsatsiri

 

Receitas do artigo

 

Leite Dourado

Ingredientes:

- 1 copo de leite

- 1 colher de café de pasta de cúrcuma (receita abaixo)

- canela

- mel

- 1 colher café de ghee (ou óleo de amêndoas comestível, prensado a frio)

 

Modo de fazer:

            Esquente o leite. Coloque no liquidificador e bata com a cúrcuma e o ghee até formar uma espuma. Acrescente mel e canela a gosto.

 

Comentários:

            Excelente para problemas articulares ou para manter a flexibilidade. Para prevenção 1 copo por dia; se já estiver com problemas 2-3 copos por dia.

 

 

Pasta de Cúrcuma

(base para o preparo de outros pratos)

 

Ingredientes:

- 1 colher de sopa de cúrcuma bem cheia

Cúrcuma

- 1 xícara de chá de água

 

Modo de fazer:

Coloque no fogo a cúrcuma junto com a água. Deixar cozinhar em fogo médio pelo menos 8 minutos, depois de ferver, até ficar como uma pasta espessa. Mexa durante o cozimento (cuidado com a roupa, pois a cúrcuma mancha). Quando esfriar, guarde na geladeira para usar nas receitas.

           

Cuidados especiais:

            A cúrcuma não deve ser usada crua, em pó. Ou se faz a pasta, como acima, ou se frita no ghee ou azeite durante o preparo dos pratos.

 

Comentários:

            A cúrcuma é uma raiz da qual é extraída um pó amarelo. No Brasil, ela é conhecida popularmente como açafrão. Ela é um dos principais ingredientes do curry, dando-lhe a cor característica. No Ocidente ela é usada para colorir a mostarda preparada e vendida comercialmente. A cúrcuma é um alimento que proporciona saúde e tem sido assim reconhecido na Índia há milhares de anos. Um estudo recente, realizado na Índia, mostrou que ela pode ser valiosa para prevenir diabetes e câncer. Seu uso principal é como lubrificante para permitir a flexibilidade das articulações. É também excelente para a pele e para as membranas mucosas, especialmente nos órgãos reprodutores femininos. Ela também limpa os intestinos.

 

 

Please reload

Posts em destaque