Culinária terapêutica - Maçã

Por Lais Guru Suroop Kaur

 

                As frutas são alimentos limpadores do corpo. Ricas em vitaminas, minerais, fibras e grande quantidade de água, não podem faltar em nossa dieta.

                De acordo com o Ayurveda, as frutas, em geral, possuem uma potência fria, podendo ser doces, ácidas ou adstringentes, possuindo um vipaka (efeito pós-digestivo) doce.

                As frutas, em geral, não combinam bem com nenhum outro alimento. O ideal é consumi-las nos intervalos entre as refeições, ou no início das refeições. Elas são facilmente digeridas, por isto devem entrar primeiro no estômago. Se forem ingeridas após proteínas e gorduras, que são alimentos de digestão mais lenta, elas têm que aguardar no estômago e acabam fermentando, gerando gases e arrotos, sinais de uma digestão mal feita e, portanto, geradora de toxinas. Assim, fruta como sobremesa pode não ser uma boa pedida!

                Gosto muito do Ayurveda porque nos faz usar nosso raciocínio e bom senso para analisar o que devemos comer, considerando que somos seres únicos, que viveram histórias de vida diferentes, que estão vivendo em climas físicos e emocionais diferentes, em ciclos de vida diferentes. Portanto, é bom ter em mente que os ensinamentos nos dão um modelo, mas eles são apenas base para o aprendizado que fazemos pela auto-observação. Temos que lembrar que, em alimentação, o que é bom para uma pessoa, pode desequilibrar totalmente a outra. Assim, além de lembrar que esta seção de artigos não substitui os cuidados médicos, ressaltar que observar-se e usar a intuição e, depois, basear-se no conhecimento com experiência é uma ótima pedida.

                Existe um ditado que diz que, se comermos uma maçã por dia, evitaremos as visitas ao médico. “An apple a day, keeps the doctor away”.

                A maçã, como as frutas em geral, tem a potência fria. Assim, os Vata devem consumi-las sempre cozidas, especialmente nas estações mais frias. Os Pitta devem evitar as variedades mais ácidas, mas podem consumir as doces, cruas, especialmente nas estações mais quentes. Os kapha podem consumir as maçãs em geral, com moderação. Acrescentar canela e/ou cardamomo às maçãs equilibra a sua potência fria, tornando-a bem aceita por todos os doshas. A canela e o cardamomo têm rasa (sabor) doce e picante e potência quente, sendo a canela um pouco mais quente. A qualidade quente beneficiará Vata e Kapha, O sabor picante beneficiará Kapha e o doce, Vata e Pitta.

                Nos ensinamentos yóguicos, encontramos que as maçãs limpam o organismo e purificam o sangue. A maçã contém antioxidantes como as vitaminas A, C e E, polifenóis e flavonóides (quercetina) e vitaminas do grupo B, minerais como o potássio, magnésio, fósforo, boro e cálcio e fibra solúvel (pectina). Se forem orgânicas, o ideal é consumir com a casca para obter todos os seus benefícios. Yogi Bhajan nos ensina que comer uma maçã pela manhã pode fortalecer o corpo, tirando a sensação de fraqueza. Algumas dicas para uso terapêutico caseiro das maçãs:

 

                - Maçãs cruas e raladas são boas para o trato digestivo.

                - Maçãs cozidas com um pouco de canela e casca de limão são calmantes para estômago irritado e preguiçoso.

                - Duas maçãs assadas, consumidas antes de dormir, podem evitar a constipação.

                - Em caso de diarreia, comer somente maçã ralada crua e água durante dois dias. Continuando com arroz e feijão moyashi sem vegetais, no terceiro dia para voltar à dieta normal aos poucos.

 

Água de maçã

Melhora o funcionamento do intestino e ajuda a digerir alimentos gordurosos

                - 2 litros de água

                - 1 maçã descascada (se não for orgânica) e fatiada

                - 1 pau de canela em pó

                Encha uma jarra com a água, coloque a maçã e a canela. Deixe descansar por ½ hora.

 

Doce de maçã sem açúcar

Excelente para os Vatas e para as estações frias

 

Ingredientes:

- 6 maçãs

- ½ xícara de passas escuras e sem caroço

- ¼ xícara de amêndoas sem casca, cortadas em duas metades (no comprimento)

- canela em pó a gosto

 

Modo de fazer:

1. Prepare uma bacia com água e sal.

2. Descasque as maçãs e corte em fatias de mais ou menos 1 cm e vá colocando na bacia com água e sal para que não escureçam.

3. Escorra a água e coloque as maçãs em uma panela (não é necessário enxaguar as maçãs, apenas escorrer).

4. Deixe cozinhar em fogo baixo até que amoleçam. Se precisar coloque um pouquinho de água; normalmente a maçã solta a água necessária para o cozimento.

5. Quando estiver quase pronta, acrescente as passas. Deixe cozinhar mais um pouco.

6. Desligue o fogo. Transfira para uma vasilha. Pulverize com canela em pó e coloque as amêndoas por cima.

 

                Guru Suroop Kaur é professora de Kundalini Yoga, certificada pelo KRI (Kundalini Research Institute) e membro da Teacher Training Academy do KRI, na categoria profissional.  É fundadora do Espaço Alegre Viver, em Ribeirão Preto (SP), um centro dedicado ao ensino de Kundalini Yoga e formação de novos professores. É também terapeuta de Ayurveda, de Jin Shin Jyutsu e de Reiki. Atualmente, é Presidente da AKYM (Associação Nacional de Professores de Kundalini Yoga do Brasil).

 

 

culinária terapêutica

Please reload

Posts em destaque

Tratamento da Insônia - Plantas Medicinais